Atravessando um continente com a fotografia

Reflexões Imagéticas, por Mark Greathouse!


A cerimônia começou no dia 10 de maio de 1869, quando uma locomotiva da Central Pacific Railroad vindo da costa oeste dos Estados Unidos e uma locomotiva da Union Pacific Railroad vindo da costa leste se encontraram, pela primeira vez, em Promontory Point, no estado de Utah, na região central do país. O acontecimento marcou o final de uma das construções mais importantes da história dos Estados Unidos: a primeira ferrovia transcontinental.


Os homens que estava em pé perto das chaminés das locomotivas estavam prontos para brindar a colocação do último pregão de trilho, banhado a ouro para selar o acontecimento.


O empreendimento havia sido brutal. Em um dos pontos, os esforços para cavar um túnel e atravessar um bloco de mármore na espinha do ponto mais alto da cordilheira Sierra Nevada havia custado um ano inteiro de trabalho árduo, com apenas cerca de 20cm de túnel cavados por dia.


A foto da cerimônia, feita pro Charles Phelps Cushing, foi um dos primeiros exemplos de uma Photo Op (o uso de uma foto com um objetivo pré definido). Cidadãos da costa leste, de grandes cidades como Nova York, poderiam ver com seus próprios olhos, que a partir daquele dia um trem poderia levá-los até a California, no outro lado do continente, onde inúmeras possíveis oportunidades de negócios os aguardavam.



8 visualizações

@2019 por Mark Greathouse

©Todas as fotos são de autoria dos professores da Ansel