• Cleu Nacif

NO OLHAR DELAS

Atualizado: 18 de Set de 2019

por @cleunacif

-

O início da história da fotografia, como muitas outras histórias do mundo, girou em torno de descobertas masculinas, pois, como nós sabemos, os direitos das mulheres de participarem da sociedade e de suas descobertas vieram em conta-gotas, com muitos anos de atraso.


Então, nas quintas-feiras, daremos uma atenção especial a essas mulheres que contribuíram e contribuem tanto para o mundo maravilhoso da fotografia.

Começando com uma das grandes representantes, que sempre foi opinativa sobre diversos assuntos, e, além de uma estudiosa da fotografia, foi também uma grande escritora (tenho que puxar sardinha pro combo fotografia + escrita que eu tanto amo, né?!).


Estou falando da Susan Sontag.

Nascida em Nova Iorque em 1933, ela teve inúmeros livros sobre diferentes temas publicados, mas uma de suas obras mais aclamadas é o “Sobre fotografia”, que reúne ensaios da década de 70, onde ela analisa a fotografia para além da técnica, mas como fenômeno de civilização desde o surgimento do daguerreótipo, no séc. XIX, até sua função social no mundo contemporâneo.


Em suas palavras: “A realidade, como tal, é redefinida pela fotografia... tudo existe para terminar numa foto”.

Pintura Susan Sontag: Juan Bastos

Simplesmente maravilhosa.

-


3 visualizações

@2019 por Mark Greathouse

©Todas as fotos são de autoria dos professores da Ansel