Vencedor do concurso Africa Geographic é desclassificado


Foto: Björn Persson

A Africa Geographic anunciou que a fotografia vencedora do concurso de 2019 foi manipulada e o vencedor está oficialmente desqualificado. O fotógrafo Björn Persson é o responsável pela foto ganhadora inicialmente, chamada de “Tim no Parque Nacional Amboseli, no Quênia”. O que denunciou a manipulação da imagem foi que, ao ser analisada por uma comunidade de pessoas que conhecem o elefante em questão, eles observaram algo de errado nas orelhas do animal. Esses detalhes tinham passado batido no processo de julgamento inicial que premiou o fotógrafo em questão. .

O fotógrafo se explicou dizendo que foi um erro não intencional que aconteceu quando ele estava tratando a foto, mas após reverem, mesmo acreditando na explicação, o júri chegou à conclusão que a desqualificação permaneceria pois, de acordo com a regra do concurso: “As inscrições devem ser fiéis representações da cena original. Ajustes localizados devem ser usados com moderação. O objetivo é permanecer fiel à experiência original, e nunca enganar o espectador ou deturpar a realidade”.

Foto de Selengei Poole-Granli, compartilhada pela Africa Geographic para denunciar a manipulação

12 visualizações

@2019 por Mark Greathouse

©Todas as fotos são de autoria dos professores da Ansel